29 de maio
Dia de saida
Espanha
Destino
Avançado
Nivel de dificuldade

Andaluzia é no sul da Espanha, por pouco não é a maior região autónoma do país, na fronteira com Portugal, Extremadura, Castilla-La Mancha, Múrcia e do Mar Mediterrâneo e é considerado a “ponte” entre a Europa e África Foi invadida e ocupada pelos romanos, depois da queda destes veio tribos germânicas, como os vândalos e os visigodos, mas que certamente deixaram sua marca mais notável em tempos mais recentes têm sido os árabes e berberes que o chamou de “Al-Andalus E eles permaneceram por mais de sete séculos. Andaluzia volta a mãos cristãs com a queda de “Córdoba” e “Granada”, vive o seu esplendor a partir do ano de 1492, com o crescimento das expedições navais e seus portos e do comércio com as Américas recém-descobertas. A travessia ocorre ao longo do “Camino Mozárabe de Santiago”. Cristãos que vivem nas terras ocupadas pelos árabes começam a jornada por este caminho, a partir de Almería, Jaén, Granada, Málaga e Córdoba a participar da “Via de la Plata” e continue a partir Merida norte de Santiago de Compostela. Em nosso passeio espectacular veremos inúmeras arquitectónicas tesouros, mesquitas, fortalezas e palácios, que deixaram a ocupação árabe, destacando a espetacular Medina Azahara de Córdoba e Alhambra em Granada Nasrid palácios. Pedalando na Andaluzia não é apenas uma experiência arquitetônica: a geografia espetacular nos permite fazer um curso exigente e paisagens de tirar o fôlego, a irrigação e as mãos dos agricultores nos levarão plantações de oliveiras e pomares, cidades trazer arte e jasmim perfumado e laranjeiras e gastronomia … A gastronomia é uma experiência separada!

CIDADE SAIDA/CHEGADAAlmeria / Córdoba
HORA DE SAIDA12hs em Almeria
SERVIÇOS INCLUIDOS
Tracks do percurso para carregar no GPS.
Guia bilíngüe + guia espanhol com equipamento de comunicação.
Traslado das bagagens de hotel a hotel.
Sete noites de acomodação em hoteis dois e três estrelas.
Uma noite em cabanas com café da manhã.
Seguro de primeiros socorros.
Assistência mecânica.
Traslado de van de Almeria a Rioja.
Veículo de apoio presente em diferentes momentos do dia para oferecer suporte, hidratação e lanches.
NÃO INCLUIDOS
Refeições não detalhadas no programa, bebidas, passagens aéreas e taxas de aeroporto, traslados não detalhados no programa, peças de bike, serviços de lavanderia e gastos pessoais.
Aluguel da MTB

Informação adicional

LocalEspanha
Duração9 dias
DataMaio

Espectacular travessia de mtb em Andaluzia, Espanha desde Almeria, Serra Nevada, Guadix, Granada, Alcalá la real, Zuheros a Córdoba.

1

Dia 1:

Encontro em Almeria, na Andaluzia. Recepção e preparação das bicicletas. Check in no hotel
2

Dia 2: Rioja - Abrucena

O dia começa em Almeria, onde tomaremos um transfer rumo a “Rioja”, ponto de inicio de nosso cicloviagem. Esse primeiro dia se distingue por percorrer parte do “deserto da Espanha”, por cruzar o Vale Verde do rio Andarax e acompanhar a Sierra Alhamilla. O trajeto segue sempre em uma consntante subida, cruzando pequenos povoados como Santa Fé de Mondujar e Alhabia, onde aproveitremos para nos hidratarmos. Seguindo a pedalada pasamos por Santa Cruz de Marchena e no km 26 chegaremos a “Alboloduy” onde faremos uma parada para um lanche ou almoço. Dali em diante inicia-se uma forte subida em meio a plantações de frutas e olivieiras, até chegar a “Nacimiento”, no km 38. Após pasar por “Abla” uma forte subida até “Abrucena”, ponto final da primeira etapa.
Distância total 60km. Tipo de estrada: Terra e pavimento
3

Dia 3: Abrucena a Guadix

Será uma etapa pesada mas sem muita dificuldades técnicas. Começamos descendo em direção a “Abla” e da janela da bicicleta avistamos de longe o castelo de “La Calahorra”. Uma bela fortaleza do século XVI que se impõe entre as colinas. Após 38 km, quase sempre subindo, fazemos uma parada para um lanche. Pedalando sempre na terra veremos pela primeira vez as famosas  “Casa-cuevas” da região de “Guadix”. Em “Jerez del Marquesado” será o último ponto de hidratação onde continuamos a descida até “Guadix”, ponto final da etapa. Alcazaba, la Catedral e as “casas-cueva” são visitas obrigatórias.
Distância total 69km. Tipo de estrada: Terra e asfalto.
4

Dia 4: Guadix a Quentar

Deixamos Guadix e entre subidas e descidas passaremos por “Purullena”, “Marchal” e “Graena até chega a “La Peza” após 24 quilômetros, local onde faremos uma parada para o almoço. A partir daí começa uma forte subida de 5 quilômetros em meio a uma paisagem belíssima. E depois uma incrível descida por uma sinuosa estrada de asfalto. Poucos quilômetros antes de chegar ao hotel, circundamos um lindo reservatório de águas azul turquesa, a “Presa de Quentar”. Muito lindo!
Distância total 50.5km. Tipo de estrada: Terra e asfalto
5

Dia 5: Quentar a Granada

Uma etapa bem curta para termos um descanso maior e também a possibilidade de chegar mais cedo a cidade de Granada e assim poder conhecer um dos monumentos históricos mais importantes do mundo mulçumano na Espanha: la Alhambra, el “Generalife” e os Palacios Nazaríes. Antes da descida final para Granada pelo “Camino Sacromonte”, que é um lugar dos mais bonitos do trajeto, passamos pelo bairro árabe “Albaicin”, que tem um belo mirante para admirarmos a “Alhambra”. A tarde será livre para visitar Granada.
Distância total 17km. Tipo de estrada: Terra e asfalto.
6

Dia 6: Granada a Alcalá la Real

De Granada entramos em um mar sem fim de oliveiras que se perdem no horizonte. Nos primeiros quilômetros pedalamos em uma zona bem rural com muitos produtores de azeites. Após 25 quilômetros chegaremos a “Olivares” onde faremos uma parada para o almoço. A partir dali uma dura subida de 3 quilômetros até chegar a Moclin onde pedalamos por 20 quilômetros entre as fazendas de olivas até chegar a Alcalá la Real, que em árabe é “Al-Qal’a” (A Fortaleza). Ponto final da etapa. Esta cidade tem como destaque um monumental castelo do século XIII, a “Fortaleza de la Mota” Distância total 55km. Tipo de estrada: Terra e asfalto.
7

Dia 7: Alcalá la Real a Zuheros

De “Alcalá la Real” seguimos rodeando la “Fortaleza de la mota”. O trajeto até o “Priego del Córdoba” segue pela estrada A-339, sempre pelo asfalto. Um trecho com mais descidas do que subidas. Na parte da manhã será um trajeto com bastante tráfico de veículos, onde o cuidado deverá ser redobrado. No km 16 passaremos por “Almedinilla”. A paisagem continua rural em meio as centenárias oliveiras. “Priego del Cordoba” será o ponto de parada para o almoço. Dali iniciamos a segunda parte do dia, bem mais tranquila. De longe avistamos os picos das serras do “Castillo de Zuheros”. Chegar de bicicleta a “Zuheros” é fabuloso, não é a toa que é considerada um dos “Pueblos más bonitos de España”. Uma combinação de penhascos, de oliveiras no horizonte, o castelo mulçumano e as casinhas pintadas de branco, suas ruas estreitas e sinuosas e seus cantos com sabor tradicional dão um encanto difícil de descrever. Tarde livre para curtir o local. Distância total 60.5km. Tipo de estrada: Asfalto.
8

Dia 8: Zuheros a Cordoba

De Zuheros seguimos descendo suavemente e em poucos quilômetros passamos por Baena, que também tem um belo castelo árabe, construído no século Ix, durante a época do “Califato de Córdoba”. Sempre descendo cortando fazendas e oliveiras por Trilhas muito legais até chegar ao rio río “Guadajoz”. Em “Castro del Río” será o ponto de parada para o almoço. Dali em diante o caminho alterna subidas e descidas entre oliveiras e campos de gira sois. Os últimos quilômetros seguimos por uma suave e gostosa descida, onde avistamos a bela cidade de “Córdoba”. Inesquecível cruzar o rio “Guadalquivir” por uma ponte romana de 331 metros, construída no século I, que une as duas margens por mais de 20 séculos. Córdoba é uma cidade belíssima poucos lugares são tão ricos em cultura e história quanto a cidade de Córdoba na Espanha o é por ali já passaram romanos, árabes e os Reis Cristãos. Todos estes milênios e séculos de civilização tornaram-na uma preciosa confluência de arquitetura, das artes e expressões religiosas. Tanto que a cidade recebe o codinome de “Cidade das Três Culturas“, pela presença história de cristãos, judeus e muçulmanos. Distância total 60.5km. Tipo de estrada: Terra e asfalto.
9

Dia 9: Adeus Andaluzia

A travessia termina oficialmente as 10 horas da manhã em Córdoba. Recomendamos permanecer na cidade pelo menos um dia mais, para poder conhecer e explorar melhor seu patrimônio. De tren é a melhor Opção para viajar a outros destinos da Espanha.

Comentários da travessia

Ainda não há comentários

Deixar um comentário

Mostrar avaliações em todos os idiomas (1)

Rating