18 de agosto
Dia de saida
Cordoba
Destino
Intermediario
Nivel de dificuldade

É a região das capelas e fazendas jesuíticas, a região do maravilhoso clima mediterrâneo de Cordoba, do WRC World Rally Car e da competição de Bike “Rio Pinto” a maior da Argentina. Nesta viagem pedalamos em Cuchi Corral, um dos pontos mais conhecidos para fazer parapente, pedalamos a San Marcos Sierras num belíssimo percurso. Logo faremos a travessia de La Cumbre a Candonga e no ultimo desde La Falda a Rio Ceballos. Teremos subidas exigentes, descidas divertidas e um final de semana maravilhoso de mountain bike.

CIDADE SAIDA/CHEGADA La Cumbre/ Rio Ceballos, Cordoba
HORA DE SAIDA 7hs na cidade de Cordoba
SERVIÇOS INCLUÍDOS
Van de apoio e transfers durante o percurso
Traslado da mountain bike e 4×4 de apoio
Guias bilíngües com equipamento de comunicação
Meia pensão (Comidas nos traslados de van não
incluidas. Jantar não incluido)
Na travessia:
-Café da manhã, cereais e frutas
-Almoços frios
-Assistência com barras energeticas, frutas e frutos secos
Assistência mecânica e bicicleta de reposição
Duas noites de hotel em base dupla ou tripla
Seguro de primeiros socorros
Informação diaria com notas, mapas e detalhes da região
Informação pre-viagem com a preparação necessária, o que trazer e informação detalhada do percurso
NÃO INCLUÍDOS
Comidas não detalhadas no programa, refeições, bilhetes de avião e taxas de aeroporto, traslados não detalhados no programa, pecas de Bike, serviços de lavanderia e gastos pessoais
Aluguel da MTB

Informação adicional

LocalCandonga, Cordoba, Cuchi Corral, La Cumbre, La Falda
Duração3 dias
DataAbril, Maio, Junho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro

Travessia de mtb nas Serras de Córdoba, conhecendo La Cumbre, Cuchi Corral, San Marcos Sierras, La Falda, Candonga e Rio Ceballos 

1

Día 1:

La Cumbre – Cuchi Corral – San Marcos Sierras.  Encontro na cidade de Cordoba e traslado ao hotel em “La Cumbre”. Logo de fazer o check in e deixar as nossas bagagens, saímos de bike e no inicio vamos para “Cuchi Corral” um mirante e ponto de observação onde pilotos argentinos e estrangeiros fazem de Parapente e ala delta desafiando as correntes térmicas. Ali começa uma belíssima descida, provavelmente uma das melhores de Cordoba. O caminho é irregular, normalmente o carro de apoio não sempre pode seguir aos bikers. Iremos atravessando riachos até chegaremos ao Rio Pinto aonde vamos a almoçar. Logo do almoço o caminho continua subindo e descenso até chegar a “San Marcos Sierras” um vilarejo simpático com muita influência dos hippies. Traslado até La Cumbre.
47km e 480mts de subidas
2

Dia 2: La Cumbre a Candonga

O segundo dia começa em subida: Saímos desde La Cumbre a um dos locais mais bonitos da Província de Cordoba:  Candonga. Logo de 9 quilômetros subindo chegamos ao ponto mais alto  da viagem nos 1495mts. A paisagem ondulada parece uma tapeçaria de grama amarela e de lá acima é possível ver vários quilômetros no horizonte com o nosso caminho perdendo se entre os morros. Depois do almoço continuamos pedalando, nuns trechos há pedra solta então temos que ir com cuidado, e paramos em Candonga, onde encontraremos a Capela de Candonga, uma igrejinha muito histórica da época dos Jesuítas.  O pedal acaba em El Manzano e dali retornamos ao nosso hotel de carro. 42km e 710mts de subidas
3

Dia 3: La Falda a Rio Ceballos

De La Cumbre saímos de van até La Falda, onde descarregamos o trailer e preparamos as bicicletas para o ultimo dia de pedal. O caminho se chama “Camino del Cuadrado” e antes de começar, estaremos frente ao hotel Edén, que foi construído depois da primeira guerra mundial pelos alemães e serviu de refugio para eles.  Iniciamos a subida pelo oeste das serras subindo 300 mts em so cinco quilômetros. A subida se faz em cascalho, mas logo teremos um trecho de asfalto. Depois desse trecho estaremos novamente pedalando em cascalho e curtiremos da incrível descida em zig-zag a Rio Ceballos aonde iremos almoçar tomar banho e preparar-nos para o retorno.
29km e 740mts de subidas

Comentários da travessia

Ainda não há comentários

Deixar um comentário

Rating