16 de maio, 5 de maio
Dia de saida
Itália
Destino
Intermediario
Nivel de dificuldade

Visitar a Sicília é descobrir uma Itália completamente diferente e pouco italiana. Com a mistura de culturas, a região tornou-se um ponto interessantíssimo, com cores, aromas e sabores diferentes do resto da Itália. Aqui, as escolas de arte e literatura misturam-se e as marcas da sua arquitetura encontram-se nos prédios, escolas, igrejas, museus e monumentos. Através dos caminhos estreitos, das pontes românticas e da gritaria dos mercados de rua percebe-se a riqueza e o encanto que a Sicília guarda em cada cidade, em cada cantinho, em cada siciliano. Entre os mares do Mediterrâneo, Iônico e Tirreno, surge a Sicília, uma ilha invadida durante séculos por gregos, romanos, normandos, cartagineses, árabes e espanhóis e que desempenhou um papel muito importante na História da república, tendo sido, durante muitos anos, o principal ponto de comércio na época. A Sicília nem parece ser uma das regiões italianas, tamanha é a sua mistura de raças, costumes e cores. Talvez por isso, os seus habitantes se dizem primeiro sicilianos e depois italianos. Há quem diga que a Sicília é um museu ao ar livre, como ocorre nas regiões de Agrigento e Palermo. Só de sítios arqueológicos, são mais de 260 catalogados, entre conjuntos de templos, anfiteatros gregos, fortalezas, torres, igrejas, palácios… Está tudo ali, lado a lado, um pouco de todos os povos e culturas que passaram pela ilha ao longo de séculos. A emoldurar esse cenário temos um mar cristalino de águas mornas e límpidas. Você vai conhecer ilhas paradisíacas regidas pelo vento e pelo sol; a lama de Vulcano, que protege a pele e as articulações e tem inexplicáveis poderes curativos; o vinho dos vulcões; as oliveiras centenárias e o azeite de oliva, o primeiro tempero da dieta mediterrânea

CIDADE SAIDA/CHEGADA Catania, Itália
HORA DE SAIDA 12hs em Catania
SERVIÇOS INCLUIDOS
Tracks do percurso para carregar no GPS
Guia bilíngüe + guia siciliano com equipamento de comunicação
Traslado das bagagens de hotel em hotel
Sete noites de acomodação em hoteis três estrelas e uma noite em B&B em base dupla e tripla
Assistência mecânica
Transfer de Siracusa ao vulcão Etna
Seguro de primeiros socorros
Jantar no primeiro dia
Transfer Catania a Modica e Giardini Naxos ao Aeroporto de Fontanarossa de Catania
Camisa “oficial” da viagem
NÃO INCLUIDOS
Comidas não detalhadas no programa, refeições, bilhetes de avião e taxas de aeroporto, traslados não detalhados no programa, pecas de Bike, serviços de lavanderia e gastos pessoais
Aluguel da MTB

Informação adicional

LocalItália
Duração9 dias
DataMaio

Espetacular travessia no este da Sicília, percorrendo Modica, Siracusa, Noto, Ragusa, Randazzo, Giardini Naxos e Taormina

1

Dia 1:

Encontro em Catania, que é a cidade mais ligada ao Etna e muitas das suas construções foram feitas com a lava negra do vulcão. Por essa mesma proximidade, a cidade foi destruída muitas vezes – a maior parte de seu contorno atual pertence ao século XVIII, quando ruas mais largas e construções baixas foram feitas para evitar os efeitos de terramotos e diminuir as consequências de uma erupção. Não deixe de visitar, o Mercato della Pescheria, na Via Garibaldi, especialmente animado de manhã, o Teatro Romano, com capacidade original para 7000 pessoas, e o Castello Ursin. Vale a pena chegar uns días antes e ficar por lá. Uma van de nosa organização vai nos procurar para nos levar a Modica, em uma viagem que dura em torno a duas horas. Fazemos o check-in no hotel, preparamos as bicicletas e durante o jantar realizamos uma palestra explicativa dos detalhes finais da viagem.
2

Dia 2: Modica a Palazzolo

48 km / 900 mts de altimetria. Terra 40% / Asfalto 60%
3

Dia 3: Palazzolo - Necrópole Pantalicano - Ferla - Palazzolo

56 km / 970mts de altimetria – Terra 25% / Asfalto 75%
4

Dia 4: Palazzolo Acreide - Testa dell'Acqua - Noto Antica - Cava Carosello

43 km / 500mts de altimetria – Offroad 40% / Asfalto 60%
5

Dia 5: Noto - Lido di Noto - Eloro - Vendicari - Mosaici Tellaro - Zisola - Noto

31 km/400mts de altimetría  – Offroad 70%/Asfalto 30%
6

Dia 6: Noto – Fontane Bianche – Ognina - Arenella - Plemmirio – Siracusa

54 km/300mts de altimetría – Offroad 60%/Asfalto 40%
7

Dia 7: Siracusa – transfer a Rifugio Sapienza/Piano Vettore – Pista Altomontana – Randazzo

36 km/320mts de altimetria
8

Dia 8: Randazzo – Gole dell'Alcantara – Giardini Naxos - Taormina – Giardini Naxos

40 km/80mts de altimetria
9

Dia 9: Arrivederci Sicilia!

Transfer ao aeroporto “Fontanarrosa de Catania.

Destaques:

  • Belas cidades, a maior densidade de arquitetura barroca do mundo.
  • Tradicional comida “siciliana” – Terra que ficou conhecida pela dieta mais famosa do planeta. Tomate crespo, verduras orgânicas e os melhores peixes do Mediterrâneo: um mercado que existe há mil anos.
  • O vinho dos vulcões. As oliveiras centenárias e o azeite de oliva, o primeiro tempero da dieta mediterrânea.
  • Cidade de Modica é uma das cidades mais bonitas do barroco da Sicília.
  • “Chocolateria Bonajuto”, a primeira fábrica de chocolate da Sicília, ativa desde 1880 e comandada pela experiencia de seus Mestres artesãos de mais de seis gerações.
  • Ragusa Ibla, outra jóia de arquitetura barroca.
  • Cânions do Vale Anapo.
  • Subida ao “telhado” da Pantalica, uma Necrópole da Idade do Bronze, logo habitada na era bizantina da ilha.
  • Pitoresca cidade de Ferla.
  • Ruínas da cidade de Noto-Antica
  • Vale de “Cava Carosello”.
  • Bela costa do Mar Jónico de Noto.
  • Belas praias
  • “Villa Romana de Tellaro”, uma villa romana onde são encontrados mosaicos originais
  • Espetacular vista de “Ortigia” o centro histórico da cidade mais bonita de Sicília: Siracusa.
  • Ortigia: explorar todos os encantos e atrações desta pequena ilha.
  • Pedalada no lado sul do vulcão a 1.800 metros acima do nível do mar, na fascinante trilha “Altomontana”.
  • Florestas e campos de lava de erupções antigas.
  • A cidade medieval de Randazzo.
  • O lindo “Vale da Alcântara”.
  • Cuba bizantina, uma igreja de pedra de origem bizantina
  • A cidade de Taormina,  o mais famoso centro turístico da Sicília, perfeito para se familiarizar com o povo, a culinária e a cultura siciliana

Comentários da travessia

Ainda não há comentários

Deixar um comentário

Rating