23 de fevereiro, 9 de fevereiro
Dia de saida
Argentina, Chile
Destino
Avançado
Nivel de dificuldade

 

Esta é a estrela da MTB Tours, a travessia que mais vezes fizemos e uma travessia na qual vivemos na montanha longe de todo tipo de civilização durante cinco dias, nos quais você vai fazer umas ascensões desafiantes, você vai ver os condores, vai tomar banho com águas de degelo, vai poder dormir sob as estrelas, desfrutar de dois dias seguidos de pura descida e, no final, você vai hospedar-se em bons hotéis. Se você se sente empolgado com este projeto, nem duvide: venha com a gente!!!!

CIDADE SAIDA/CHEGADA Malargüe, Argentina/ Curico, Chile
HORA DE SAIDA 14hs em San Rafael
SERVIÇOS INCLUIDOS
Transfer aeroporto de San Rafael a Malargüe e transfer desde Curico a Santiago de Chile
Traslado da mountain bike
Guias bilíngües com equipamento de comunicação
Pensão completa (não inclusa nos translados de van)
Na travessia:
-Cafe da manha, cereais e frutas
-Almoços frios
-Assistência com barras energeticas, frutas e frutos secos
-Jantar (carbohidratos, barbecue). Vinho de Mendoza incluido
 Seguro de accidentes personales
Equipamento de camping: barracas Doite e Ocelot para duas pessoas, barraca “banheiro”, barracas para jantar com iluminação, aquecedores de cozinha, equipamento de cozinha, louça, pratos e copos
Dois o mais carros 4×4 de apoio e pessoal (entre guias e staff acompanham a expedição) para a preparação das comidas e montagem do acampamento
Seguro de primeiros socorros
Assistência mecânica e bike de reserva
Uma noite de hotel 4 estrelas em Malargüe (AR) e outra em Curico (Chile) em base dupla e tripla
Informação diaria com notas, mapas e detalhes da região
Informação pre-viagem com a preparação necessária, o que trazer e informação detalhada do percurso
NÃO INCLUIDOS
Almoços e comidas não detalhadas no programa, refeições, bilhetes de avião e taxas de aeroporto, traslados não detalhados no programa, pecas de Bike, serviços de lavanderia e gastos pessoais
Aluguel da MTB

Informação adicional

LocalCurico, Malargüe
Duração9 dias
DataJaneiro, Fevereiro, Março

Travessia dos Andes a traves do Paso Vergara e “Portezuelo de Carqueque”, pedalando desde “Malargüe”Argentina até “Curico” no Chile.

Logo da chegada em Buenos Aires o participante deverá seguir de avião até “San Rafael” (Provincia de Mendoza). É importante estar no sábado pela manhã em “San Rafael”.

1

Dia 1:

Data limite de chegada em “Malargue”. O ponto de encontro será no aeroporto da cidade de “San Rafael”, logo após a chegada do único vôo disponível para lá, onde haverá uma van que levará o grupo até a cidade de “Malargüe”, o ponto de início da viagem. O participante deve tomar o primeiro vôo que sai de Buenos Aires com destino a “San Rafael”, Provincia de Mendoza. Lá haverá um translado até o hotel em “Malargue” (180 km). Tarde para relax e descanso. Noite de hotel (incluida) e jantar (não incluido)
2

Dia 2: Malargüe-Portezuelo de Carqueque

Depois do café da manha e da uma palestra informativa da viagem começamos a pedalar ao oeste desde 1400 metros sobre o nível do mar. No inicio o caminho não é difícil, nem estreito, e temos sempre o visual do “Cerro Torrecillas” de mais de 3.700 metros na nossa direita. Depois de 22 km passamos pelos “Castillos de Pincheira” uma formação geológica muito bonita e daí a pouco temos o nosso primeiro piquenique da viagem no “Puesto de Doña Esperanza”.  Depois do almoço começa a subida do “Portezuelo Del Carqueque”, e por enquanto vamos subindo a paisagem da cordilheira vai mudando. O visual com os morros de gesso branco e os riachos de água de degelo é incrível. O nosso acampamento esta perto do rio “La Valenciana”. Os ciclistas têm que esperar uma grande amplitude térmica: durante o dia teremos 30° graus e na noite pode descer até -3° graus. Haverá vento durante o dia e o chão com areia. Os serviços de alimentação do Desafio dos Andes se iniciam também e na primeira noite deliciaremos um típico assado argentino. 44km e 1000mts de subidas
3

Dia 3: Portezuelo de Carqueque- Puesto de Don Beno Forquera

Na segunda etapa da Travessia dos Andes acordamos num cenário de montanha maravilhoso. Depois do café da manha e desmontar as barracas começamos a pedalar para chegar ao “teto” da viagem a mais de dois mil e oitocentos metros sobre o nível do mar. Aos treze quilômetros chegamos ao ponto mais alto da viagem atravessando riachos de montanha de água gelada e o visual é fantástico. O ciclista que quer pedalar mais rápido pode ir na frente e aquele que tem interesse em tirar fotos e ir mais relaxado pode ir acompanhado pelo carro de apoio. Sempre teremos pelo menos dois carros de apoio: Uma van que leva o equipamento pessoal dos ciclistas e uma pick up que leva as barracas e as comidas para toda a viagem. Depois de descer por mais de doze quilômetros teremos o nosso piquenique. Na tarde novamente vamos pedalar acima, e o trecho e pesado mais curto. Quando a subida acaba, chegamos a um mirante natural que é indescritível: O “Cerro Campanário” no sul, o Vale do Rio Grande que fica seiscentos metros embaixo, o “Vulcão Peteroa” e o “Glaciar Del Azufre” no norte. A descida é incrível!! Atravessamos o “Rio Grande” pela ponte amarela e daí só quatro quilômetros até o acampamento no meio dos Andes.
49km – 1000mts de subidas

4

Dia 4: Puesto de Don Beno Forquera - Glaciar del Azufre

Começamos esta etapa bem cedo. É uma das mais incríveis de toda a travessia. Logo começamos a enfrentar a parte mais difícil dos Andes, com subidas, cruzando rios de degelo, enfrentando o vento contra e a falta de sombra. Durante o caminho, cruzaremos jazigos de pedras vulcânicas pretas e de pedras pomes, que são as cinzas endurecidas das erupções vulcânicas. O prêmio nos aguarda no final da pedalada. Depois de 52 km podemos observar os picos nevados, especialmente o do Cerro Planchón, e chegamos ao acampamento “Glaciar del Azufre”. O acampamento é bem perto do glaciar e muito perto do vulcão Peteroa, que estava em atividade nos anos 90.
52km – 1100mts de subidas
5

Dia 5: Glaciar del Azufre - Río Teno

Esta etapa é muito emocionante, pois fazemos a documentação no último ponto de fronteira da Argentina e entramos no Chile, onde começa a tão esperada descida. Depois de 9 km chegamos ao controle de polícia Argentina e chegamos também à altura de 2465 m. Depois teremos uma das descidas mais alucinantes que se pode fazer com uma mountain bike – um caracol rodeado de montanhas e curvas em zig-zag. O panorama é inesquecível. Almoçamos nas termas ferrosas de San Pedro e aproveitamos para cumprimentar com o controle migratório chileno. Continuamos em descida, acompanhados pelo “Rio Teno” à direita e pouco depois encontraremos o nosso acampamento às margens do Teno.
42km – 420mts de subidas
6

Dia 6: Río Teno - Curicó

Esta é a última etapa da Travessia dos Andes. Continuamos a descer por uma etapa difícil, por ser uma etapa longa e com vários desníveis. Partimos cedo para podermos chegar cedo ao hotel onde passaremos a noite. A paisagem muda totalmente, a secura e aridez da Argentina se transformam em árvores e montanhas cobertas de verde, rios caudalosos de águas brancas, que são usados para os treinos de caiaque e rafting profissionais. Depois de passar por Los Queñes, chegamos num asfalto em desuso, para pedalarmos os últimos 26 km antes de chegar a Curicó. Chegamos até o hotel de Curicó onde almoçamos e festejamos com champanhe o nosso esforço e êxito em cruzar as cordilheiras dos Andes. Tarde livre, jantar no hotel.
68km – 420mts de subidas
7

Dia 7: Adeus Curicó

As etapas de pedal estão terminadas. Traslado para Santiago de Chile pela manha para o Hotel indicado em Santiago ou para pegar o vôo de volta desde o aeroporto de Santiago.

Comentários da travessia

5 based on 19 reviews
maio 20, 2016

Mariano não foi um guia; foi um amigo de viagem, um organizador descontraído porém altamente responsável, enfim um “bolludo” de marca maior !
Os irmãos Federic e Thomas igualmente competentes e geniais, Rolo um mágico que caiu nos andes: cafe da manha, almoco, lanches e jantar, a comida foi tb fundamental para manter e renobar as forcas do grupo e manter a “buena onda” , bom…
pesto no meio as montanhas.. bom os dois pratos mega cheios que comi podem dizer algo….!!! (vou extraãr mucho aquelas cenas abajo da carpa) Estou plenamente satisfeito com o serviço da MTB tours! Aprovo e recomendo. Abraços!

maio 20, 2016

Caríssimo Mariano,
Finalmente retornamos a Sâo Paulo. Certamente vamos sentir muitas saudades do passeio, da Argentina, dos amigos, das brincadeiras e do tanto que nos divertimos.
Gostaríamos de expressar nossos agradecimentos a V., ao Rolo e ao Daniel pelo apoio, pela segurança, atenção e organização, que foram muito além do que poderíamos esperar. Nossos agradecimentos também á Sra. d´Alessandro pelos bolinhos distribuidos durante o pedal.
Um grande abraço e até o próximo passeio em 2009!

maio 20, 2016

Olá Mariano, Como está? Como foi seu retorno?
Espero que estejam todos bem. Eu já estou trabalhando muito… mas estou LEVE!!! Renovada. Sou outra pessoa.
Estou aqui somente para agradecer pela M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A semana que passamos com vocês!!
Para mim, a Travessia foi muito mais que uma viagem de pedal,… foi um auto-conhecimento, um momento de reflexão… Quero que você orgulhe-se de seu trabalho… pois além de nos permitir ver, sentir e se renovar, você reune pessoas de diversas parte do Mundo… de diversas culturas, de diversas linguas, mas com um objetivo…, a troca de conhecimento, percepções pessoais, vivências, e experiências. Parabéns pelo trabalho!!!

maio 20, 2016

Paulinho, só estou lhe respondendo hoje, pois estava de férias, e este e-mail é do trabalho. A Viagem foi excelente, o Mariano e sua Equipe são nota 10, embora sejam Argentinos (rsrsrsrs…)
Realmente superou minhas expectativas. Foi uma das melhores viagens que fiz na vida!

maio 20, 2016

Estimado Mariano.
Realmente foi uma Bênção de Deus poder ter desfrutado das maravilhas que a Travessia me proporcionou.
Agradeço à Ele por estar vivo, após as duas doenças gravíssimas das quais fui acometido, isto realmente é uma dádiva.
Quero parabenizá-lo, a você e sua equipe, por toda a organização apresentada durante os seis dias que ficamos juntos.
Vocês são ,realmente, muitio bacanas,

maio 20, 2016

Paulinho, cheguei bem da travessia dos Andes, gostaria de agradecê-lo pelo apoio e incentivo, realmente foi uma viagem fantástica. A infra-estrutura do Mariano é profissional, o que proporcionou uma travessia tranquila e muito bem organizada, fiquei surpreso com tanto profissionalismo. Com certeza irei em outras!

maio 20, 2016

Paulinho,
Estou prestes a sair de Santiago. A viagem foi deslumbrante.
um passeio inesquecivel. Os companheiros eram excelentes e o suporte perfeito com o Mariano sempre preocupado em tornar as coisas agradaveis para todos. Valeu cada centavo. Abraços.
Helio Faria

maio 20, 2016

Paulinho, tudo bem? A viagem foi inesquecível…
O esquema do Mariano é muito bom. Ele é muito profissional e sua equipe é 10. O lugar é maravilhoso , talvez o mais bonito que eu já tenha pedalado. Adorei tudo! Até os banhos frios não foram tão ruim assim…..A energia daquelas cordilheiras é tanta que me reanimava todos os dias. Já estamos programando outras viagens com o Mariano….. Parabéns
abs,
Isabela

maio 20, 2016

Fala Paulinho… Te liguei na semana passada, para dizer como tinha sido a viagem, mas você estava viajando. O passeio foi demais!!! Cara, muito lindo o lugar. O Mariano realmente é muito gente boa, a turma dele é super competente e alto astral. Tudo nota 10. Pegamos dias maravilhosos, com o céu de um azul indescritível. Agora é guardar uma grana, agradar a Dona Patroa,
prá ver se ela libera prá eu ir para o Atacama.
Parabéns, Paulinho. Estou muito satisfeito com o profissionalismo e dedicação de todos.
Abraços,
Flávio

maio 20, 2016

Paulinho,
A viagem foi perfeita , indescritível, muito boa, excelente, o Mariano é nota 10, apesar de ser boiola hehhehe. Organização excelente , cordialidade total, descontração. O melhor de tudo são as amizades, o pedal foi perfeito! No último dia estava triste porque estava terminando, ficaria mais 15 dias pedalando. Paisagens deslumbrantes, a descida é muito boa!!!!!
A MELHOR VIAGEM DE MINHA VIDA!
MUITO OBRIGADO PELAS DICAS!!!!!!!!!

maio 20, 2016

Queridos amigos da grandiosa, maravilhosa e estupenda aventura na Cordilheira, somente agora estou de volta a São paulo e li com muita emoção os e-mails de todos vocês. Pessoas especias que por uma conjunção astral (e pela organização do MTB) estiveram juntos nos Andes. Queria fazer um agradecimento especial ao Mariano e toda sua equipe. Alto profissionalismo aliado a competência, companheirismo e simpatia.

maio 20, 2016

Fala querido amigo!! Graças a Deus, cheguei “mui bien”!! Já estou em casa desde domingo. Até ontem parece que tinha levado uma surra… dormi o dia inteiro. Mas tudo correu na mais perfeita ordem!! Fiquei muito feliz de ter conhecido vc e sua equipe. Vcs são pessoas maravilhosas e devem ser guardadas em um lugar especial no coração, pode acreditar. Foi uma experiência única em minha vida e vcs foram os grandes responsáveis por isto.

maio 20, 2016

Mariano,
Só agora tive tempo de ler todos os emails e responder. Só queria te agradecer pelo carinho, competência, profissionalismo de toda sua equipe e de você é claro. Eu te disse tudo isso pessoalmente, mas reforço agora. Muito obrigada, a viagem foi maravilhosa. Beijos e obrigada, ah diz para a Mae que a beringela e o brownie que ela fez estavam deliciosos.
Wilma

maio 20, 2016

oi Mariano
quero agradecer a felicidade de participar deste convivio que foi nossa travessia. Foi uma experiencia inedita da qual guardarei sempre a visão daqueles caminhos inospitos mas aconchegantes.
foi uma parceria incrivel com pessoas estranhas ate o momento do primeiro encontro mas traduzida em um companherismo ate o final. Uma quantidade de nomes para agradecer e lembrar das atitudes dispensadas entre todos. A tua equipe sensacional, meus parabens..estarei sempre a tua disposição para propagar esta aventura.

maio 20, 2016

De fato Mariano ,foi espetacular a viagem ,o grupo foi muito legal , todos os companheiros viraram amigos , isto foi demais de bom ,parabéns mais uma vez a voce e a sua fantastica equipe que como um maestro orquestrou com maestria todas as etapas da viagem , organização e determinação foram o teu forte ,voce mostrou ser lider em todos os momentos ,e no final demonstrou uma organização invejável ,meus sinceros parabéns !
Um grande e forte abraço de seu amigo ,
Sérgio Ciesielski

maio 20, 2016

Nenhuma foto, nenhuma imagem, nenhuma declaração serão completas o bastante para definir o que foi essa viagem, enfrentamos ventos fortes que nos castigavam a cada rajada, enfrentamos o calor causticante e um frio congelante, passamos por poeira, cinzas, areia, buracos, subidas intermináveis e descidas que duelavam com nossa bikes a cada curva.
Dormimos em barracas, tomamos banho em rios com águas que pareciam ter acabado de sair de um freezer e um “banheiro” que desafiava nossas habilidades físicas. Mas a cada km percorrido uma paisagem mais bela que a outra, demonstrando o quão pequeno somos e ao mesmo tempo o tamanho gigantesco de nossas almas vencendo cada desafio.
E os amigos? isso é capítulo a parte, no começo éramos um grupo, argentinos, brasileiros, suíços e suecos, e no fim todos nós éramos uma grande família, sem país, sem classe social, sem religião, sem política, apenas amigos, simples assim.

maio 20, 2016

Bom dia Paulinho,
Excelente organizacao do evento pelo Mariano, que se mostrou uma pessoa mto distinta e com otima capacidade de integrar e liderar o grupo. Logistica admiravel, nao faltou nada!!!
Com certeza, faremos outras. Demos mta sorte, grupo excelente, com otimo convivio de todos…impecavel viagem!!!
Grande abraco.

maio 20, 2016

Boa noite Paulinho.
Olha a viajem foi muito boa, como falei para o Mariano e todos eles da equipe, que estavam de parabéns em todos os sentidos, uma organização que não tinha visto igual, não tem A nem B para falar de ruim, tudo muito bom!

maio 20, 2016

Olá Mariano!
Espero que voce esteja bem. Eu tenho acompanhado suas façanhas pelo FB, é uma melhor que a outra! Eu espero poder fazer mais uma das suas em breve! 🙂
a Travessia dos Andes foi um pedal que realmente surpreendeu em todos os sentidos, apesar de ser apenas 50k por dia, os Andes testa nossos limites com o vento e o piso, e nos mostra paisagens incríveis e nos dá sensações maravilhosas com suas subidas e descidas! E mesmo num lugar inóspito, o Mariano e sua equipe, conseguem se superar com organização e eficiencia! Farei outras, seguramente! Mariano, um abraco para vc e para todos ai!
Bjs
Eunice

Deixar um comentário

Rating