26 Novembro
Dia de saida
Bahia
Destino
Intermediario
Nivel de dificuldade

Pedalar na Costa dos Coqueiros é realmente deslumbrante. São belezas naturais que podem ser percebidas desde as águas cristalinas dos rios, praias e cachoeiras, até a penetrante observação da rica fauna e flora nativa, além de uma cultura peculiar na gastronomia, moda, artesanato e tantos outros. E tudo isso é possível em cima de uma bicicleta.
Os coqueiros, símbolos de sombra e água fresca estendem-se pelos 185 quilômetros de pedaladas, desde a Mangue Seco até Praia do Forte, no extremo norte do litoral da Bahia. A maior parte do trajeto é feito pela praia durante a maré baixa. Vez por outra por estradinhas de terra e o o último dia pela Linha Verde, pois neste início o litoral é muito recortado e as areias impróprias para pedalar. É a primeira rodovia ecológica brasileira, ao longo do litoral norte baiano que liga Salvador à divisa de Sergipe. Esta é uma viagem diferente, cicloturismo puro, onde cada um leva sua própria bagagem em alforges próprios para bicicleta.

CIDADE DE SAIDA/CHEGADA Salvador/ Salvador, Bahia, Brasil
HORA DE SAIDA 10hs no aeroporto de Salvador
SERVIÇOS INCLUIDOS
Guía permanente
Sete noites de acomodação em hoteis e pousadas em base dupla e tripla com cafe da manha incluido
Asistencia mecánica
NÃO INCLUIDOS
Comidas não detalhadas no programa, refeições, bilhetes de avião e taxas de aeroporto, traslados não detalhados no programa, pecas de Bike, serviços de lavanderia e gastos pessoais

Informação adicional

LocalBahia, Brasil
Duração8 dias
DataNovembro, Dezembro

Travesia de cicloturismo com alforges no nordeste brasileiro desde Mangue Seco até Praia do Forte, na Costa dos coqueiros na Bahia, Brasil 

1

Día 1:

Traslado de Salvador a Mangue Seco – 223 km pela Linha Verde. O ponto de encontro para início de nossa viagem é no aeroporto de Salvador.
Recomendamos tomar o primeiro vôo TAM (a Gol cobra o transporte da Bicicleta) do domingo. A viagem de Salavador a mangue Seco que dura em torno de 3 horas
2

Día 2: Mangue Seco a Sibirinha

Após aproveitar os encantos de Mangue Seco, iniciamos nossa pedalada rumo a Siribinha, distante aproximadadamente 42 quilômetros, entre dunas, coqueirais e praias selvagens, Siribinha é um simpático vilarejo de apenas uma rua de areia com uma praia deslumbrante e com uma paisagem indescritível
3

Día 3: Siribinha a Sitio do Conde

Seguimos pela extensa e calma praia por 7 quilômetros até o povoado de Poças, outro pequeno vilarejo, que ganhou esse nome por conta das inúmeras piscinas que se formam em sua praia. A partir dali deixamos a praia e seguimos por uma bela estrada ecológica até Sítio do Conde. Antigo vilarejo de pescadores, com praias belíssimas, dunas, coqueirais, lagoas, cachoeiras e manguezais. A culinária também é famosa, graças ao toque especial dos frutos do mar o que proporciona uma refeição indescritível
4

Día 4: Sitio do Conde a Baixio

Pela praia seguimos rumo ao Baixio em meio à paisagem exótica o lugar, em alguns pontos fazemos uma rápida parada aproveitando a gostosa praia, com águas rasas e tranqüilas ou um delicioso mergulho em rio. O vilarejo do Baixio, mais um pequeno e tranqüilo povoado do município de Esplanada e também é parte integrante da Área de proteção ambiental do litoral Norte da Bahia.
5

Día 5: Baixio a Porto do Sauípe

Mais um dia de bicicleta pela praia e longa pedalada. Coqueiros, dunas, coqueiros e dunas e uma brisa constante. Além de alguns rios para se atravessar. Entre dunas cristalinas e uma vegetação selvagem a paisagem causa suspiros e de
tirar o seu fôlego tamanho a beleza.
6

Día 6: Porto do Sauípe- Praia do Forte

Em nosso último dia de pedal seguimos pedalando pela Linha Verde, subidas e descidas suaves se alternam durante todo o trajeto. O trajeto todo pelo asfalto, oferece uma certa tranqüilidade devido ao acostamento em excelente estado e também o pouco tráfego de veículos. No caminho, algumas paradas estratégicas incrementaram nosso trajeto. A Praia do Forte é o ponto final de nossa viagem, ficar um dia por lá é obrigatório,
alguns programas são simplesmente indispensáveis, como um giro pela vila local, com seus bares, lojinhas e restaurantes dos mais variados tipos.À noite o local vira point de cerveja gelada e paquera. Visitar a base nacional do Projeto Tamar também se faz necessário.
7

Día 7: Día libre en Praia do Forte

Dia livre para descansar numa deliciosa praia, fazer compras o incluso pedalar até o Castelo de Garcia Dávila, que fica só 8 km do centro do vilarejo
8

Día 8: Adeus Praia do Forte

Fim de nossos serviços.

Comentários da travessia

Ainda não há comentários

Deixar um comentário

Rating